sábado, julho 17, 2010

Estamos no inverno, à estação mais “saborosa” do ano! Neste período acontecem as deliciosas festas típicas (junina e julina) recheadas de muitos quitutes altamente calóricos. E nós, pobres mortais sempre “escorregamos” comendo um pouquinho mais do que deveria. Resultado: logo o verão chega e você quer usar aquele biquíni ou maiô lindo, mas durante o banho você encontrou uns pneuzinhos indesejados. É amigas (os), aí que o perigo mora. No desespero de se livrar desse incomodo da maneira mais fácil e imediata, muitas pessoas cometem um erro que pode ser fatal: dietas da moda e remédios para emagrecer.

POR QUE O PERIGO?

Porque esses procedimentos “imediatos” desequilibram toda a atividade do organismo (o metabolismo). Os remédios mais conhecidos (e geralmente comercializados) têm como princípio ativo substâncias que atuam no sistema nervoso (na produção de neurotransmissores e hormônios), e as dietas da moda restringem a um tipo de fonte alimentar (como dieta do carboidrato, dieta do sorvete, dieta do suco entre outras bizarrices) deixando de consumir outros alimentos fontes de outros minerais, podendo causar problemas de falta de nutrientes (hipovitaminoses, cefaléia freqüente, mal hálito, anemia...). E o outro probleminha: deixou de utilizar o medicamento ou suspendeu a dieta você corre o risco de recuperar o peso antigo (ou até mais) e também problemas de saúde.

O QUE FAZER?

No inverno nós temos vontade de comer comidinhas mais calóricas porque nosso corpo precisa fabricar energia (para manter nossa temperatura neste frio e realizar as outras atividades). Mas como não engordar excessivamente? Mantenha os hábitos saudáveis (não ficar em jejum mais do que três horas, realizar 3 refeições principais e 2 a 3 lanchinhos nos intervalos, consumir 8 copos de água , comer frutas e verduras, dar preferência a cereais integrais, praticar atividade física), tente se controlar nos doces, castanhas, pinhão e bebidas; e o mais importante: PROCURE UMA NUTRICIONISTA! Esse profissional vai te orientar o como perder o peso de uma forma mais saudável e melhor. Mas caso você esteja interessado em algum remédio que você viu por aí, procure o seu médico (como o endocrinologista). Ele avaliará os impactos do uso ou algum outro método.

Lembre-se: sua saúde em primeiro lugar! Nunca faça nada “na loucura” sem consultar seu médico e sua nutricionista. Eles são profissionais da saúde, e sabem o que é o melhor para nós.

0 Conversas!:

Postar um comentário

Obrigada por comentar *-*

Beijo ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...